"ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO"
"SAIBA PLANEJAR PARA CRESCER"
"GESTÃO DO CONHECIMENTO"
"COMO ATRAIR PATROCÍNIOS PARA ATLETAS E CLUBES"
"CONSULTORIA EMPRESARIAL"
"EMPREENDEDORISMO"
"GESTÃO FINANCEIRA PARA COLÉGIOS PARTICULARES"
"CONSULTORIA EM INSTITUIÇÕES DE ENSINO"
Prof. José Luiz Mazolini. O Brasil Inteiro Conhece!
"CENÁRIOS E COMPETITIVIDADE"
"ASSOCIATIVISMO"
"MARKETING ESPORTIVO"
"ESTRATÉGIAS DE MARKETING PARA O VAREJO"
"CIRCUITO BRASILEIRO DE MARKETING & VENDAS"
"TREINAMENTOS IN COMPANY"
"MOTIVOS + AÇÃO = MOTIVAÇÃO"
"CONSULTORIA JURÍDICA"
"VAREJO SUSTENTÁVEL"
"ESTRATÉGIA DE CLIENTES"
"EDUCAÇÃO CORPORATIVA"
"ORIENTAÇÕES PARA MARKETING DE MULTINÍVEL"
"TÉCNICAS PARA RECRUTAMENTO & SELEÇÃO"
"PALESTRAS DE ALTA PERFORMANCE"
"FORMAÇÃO PROFISSIONAL PARA JOVENS"
"ESTRATÉGIAS DE NEGOCIAÇÃO"
"GESTÃO ESTRATÉGICA DE CARREIRA PROFISSIONAL"
"VISÃO MULTIDISCIPLINAR"
"COMUNICAÇÃO & RELACIONAMENTO"
"ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA"
"GESTÃO ESTRATÉGICA DO CAPITAL HUMANO"
"PALESTRAS ACADÊMICAS"
"COMO PREPARAR LOJA E EQUIPE PARA VENDER MAIS"
"ADMINISTRAÇÃO DO PORTIFÓLIO DE CLIENTES"
"WORKSHOP PARA LIDERANÇA"
"RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTEL"
"ECONOMIA & MERCADO"
"GESTÃO DAS RELAÇÕES & COMPORTAMENTO HUMANO"
"TÉCNICAS DE LIDERANÇA QUE INSPIRAM SEGUIDORES"
"GESTÃO DO VAREJO"
"FAZER FORTUNA COM VENDAS DIRETAS"
"LIDERANÇA PARA FAZER ACONTECER"

De: 03/10/2011 20:24:38Artigo JORNAL CORREIO CAPIXABA

Edição de Agosto 2011 -
 

O que é Marketing de Varejo

 

Basicamente, o que se entende sobre Marketing de Varejo é a relação vendedor x consumidor e, entre eles, infinitos produtos de consumo que podem ser vendidos unitariamente ou em quantidades variadas.

Numa visão mais aprofundada, podemos afirmar que o varejista é a ponte entre fabricante, atacadista e/ou distribuidor e vende diretamente ao consumidor final.

O varejista, no Brasil, vivencia diariamente sua atividade comercial com certo domínio da relação fornecedor x consumidor e, por isso, seu negócio sobrevive desde os anos 60.

Sabe-se que os mais atentos empresários, ao longo destes anos, não se contentaram somente em administrar o fornecimento de produtos e a simples e óbvia relação com o consumidor final.

Eles fizeram mais:

Escolheram pontos de vendas mais atraentes (vizinhança, bairros, centros, shoppings, etc.);

Criaram e contrataram profissionais (colaboradores em geral) com perfis mais adequados ao tipo de negócio;

Treinaram e capacitaram a equipe de colaboradores para uma melhor performance de trabalho e produtividade;

Criaram uma marca e uma imagem institucional mais forte;

Consolidaram parcerias nas negociações com seus fornecedores, com o objetivo de adquirir produtos com melhor relação custo x benefício;

Frequentemente realizam promoções sazonais;

Utilizam da tecnologia para a venda delivery.

 

Velocidade

 

Porém, mesmo assim, os resultados não são os esperados.

O que pode estar acontecendo?

O mundo não caminha mais na velocidade dos anos 1960, 1980 ou 2000. Agora, as transformações acontecem numa velocidade estonteante e, por isto, as estratégias e táticas de cada negócio devem ser repensadas a cada instante.

O varejo moderno requer uma nova definição para o consumidor, visto a partir de agora como parceiro e não somente como cliente.

Clientes escolhem, compram produtos e interagem com as pessoas. Consumidores consomem e interagem com os produtos.

A partir de agora, os fabricantes devem se preocupar com os produtos e o varejista deve se preocupar com a qualidade da comunicação e do relacionamento com a equipe de colaboradores, fornecedores e os clientes.

Afinal, o varejista deve acrescentar muito mais qualidade aos serviços e produtos oferecidos.

Este será o grande diferencial na tomada de decisão de compra.

Identificar quem são os seus clientes, suas preferências, expectativas e, de preferência, surpreende-los.

 

Confiança

 

Antes de iniciar uma negociação com seus clientes, mostre disposição em servi-los, transmitindo confiança e segurança nas palavras. A base de uma boa negociação é consolidada pela proposta de lealdade entre as partes e na construção de relacionamentos de confiança, que geram negócios e resultados positivos. É a expectativa do ganha-ganha, infelizmente desprezada por muitos.

Se não é esta a prática diária na sua empresa, não espere nem mais um dia para repensar seu negócio de varejo. Busque ajuda de um profissional de marketing, que definirá o alinhamento das estratégias.

É preciso planejar e seguir fielmente o planejamento. Ser flexível às constantes e inevitáveis mudanças. Obedecer às regras estabelecidas pelo próprio mercado, não desviando o foco do seu negócio, se quiser sobreviver na guerra da competitividade, muitas vezes desleal.

O novo Marketing de Varejo, se bem utilizado, constroi valiosos bancos de dados que geram resultados extraordinários.

 

Prof. José Luiz Mazolini, diretor executivo do Jornal Correio Capixaba e da Mazolini Consultoria & Marketing

www.mazoliniconsultoria.com.br e,  www.jornalcorreiocapixaba.com.br  


Parceiros Abaixo
Faculdade UCLRede Doctum de EnsinoColégio Americano DoctumCESCONETO ATACADOUNIVERSIDADE NORTE DO PARANÁ - UNOPARAsociação dos Empresários de Serra -ESFaculdade Estácio de SáCORREIO CAPIXABAPortalflexAssociação Comercial de Vitória

Assine nossa Newsletter Cadastre-se para receber informativos




E-mail:contato@mazoliniconsultoria.com.br - Tel.:(27) 3328.5969 - Cel.: (27) 9991.5729

©2022 Agência Kairós